O escritório paranaense, Dória Lopes Fiuza Arquitetos Associados, foi destaque no  10º Prêmio de Arquitetura ASBEA, recebendo menção na categoria Edifícios Residenciais – Obras Concluídas.  O evento aconteceu no dia 26 de novembro, no Instituto Tomie Othake, em São Paulo, premiando os melhores projetos de arquitetura realizados e idealizados por escritórios brasileiros em todo o País.

A solução arquitetônica proposta pelos arquitetos Maicon Leitoles e Waldeny Fiuza para projeto do edifício residencial Solar 703 contemplou a preservação da Araucária existente no terreno e fez dela um elemento do partido arquitetônico.

A concepção do edifício nasceu com a proposta não só de preservar a Araucária, mas também de fazer dela, um elemento do partido arquitetônica. Desta maneira, cada apartamento se desenvolve circundando-a. A medida que a edificação sobe, o olhar para a Araucária muda, tendo, cada pavimento, uma sensação única neste entorno.

Share This