Aconteceu ontem (28) a segunda reunião, para a realização de estudos sobre a nova Lei de Zoneamento e Uso do Solo em Curitiba.

A Prefeitura Municipal, por meio do IPPUC (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba), está revisando a Lei de Zoneamento e Uso do Solo, instrumento que definirá o futuro da cidade para os próximos 10 anos. Trata-se de um tema de extrema importância, pois impactará na vida de toda a população e que deve ser discutido amplamente com toda a sociedade.

Está disponível para consulta no site da Prefeitura a proposta de Zoneamento Básico, que vem sendo avaliada e debatida em audiências públicas. A próxima está agendada para o dia 3 de outubro, das 15h às 17h, no Salão de Atos do Parque Barigui.

Na avaliação do diretor de legislação urbanística da Asbea/PR, Frederico Carstens, a sociedade, maior beneficiária desta lei, deve participar de forma ativa deste processo e colaborar com as decisões que vão definir o futuro da cidade. “Entendemos que a nova Lei deva ser aperfeiçoada no sentido de induzir a geração de empregos e renda para a população, receitas para o Município e simplificação de processos burocráticos para o setor produtivo”, alerta.

Mais informações sobre a Lei de Zoneamento, Uso e Ocupação do Solo (LZUOS) podem ser consultada no endereço: www.curitiba.pr.gov.br/leidezoneamento

Share This