Na foto: Marcus Andreoli, gestor da plataforma ARQTTO, Pedro Sunye e Lucas Issey, da Y Arquitetos, Manoel Doria, da Doria Lopes Fiuza, Keiro Yamawaki, da Garage Plan e ASBEA/PR, e Juliana Lahóz, da Juliana Lahóz Arquitetura.

“Como a arquitetura pode alavancar o seu negócio?” foi tema de evento promovido pela Plataforma ARQTTO, na última terça-feira (13), para varejistas, comerciantes e profissionais ligados à cadeia da construção civil, com a participação de lideranças da ASBEA-PR.

O ciclo de palestras, que desta vez aconteceu na Associação Comercial do Paraná, discutiu o impacto dos projetos arquitetônicos no sucesso dos negócios, tendo entre os palestrantes o presidente da ASBEA-PR, o arquiteto Keiro Yamawaki (da Garage Plan) e a vice-presidente de Comunicação e Marketing da associação, a arquiteta Juliana Lahóz (da Juliana Lahóz Arquitetura) e o arquiteto Manoel Doria, da Doria Lopes Fiuza Arquitetos Associados.

Especialmente nos grandes centros urbanos, cada vez mais os espaços de estacionamento tornam-se fundamentais para a alavancagem financeira dos  estabelecimentos comerciais, destacou o presidente da associação, Keiro Yamawaki,  que atua neste segmento profissionalmente.

 

Ele alertou que o bom planejamento, desde o início do projeto, prevendo um correto fluxo de carros, circulação de pedestres e um bom nível de conforto nas vagas de estacionamento, tornando o ambiente agradável, funcional e bonito, além de  diversos serviços agregados, especialmente relacionados à segurança e automação tecnológica, são hoje essenciais para estacionamentos de todos os tipos

A arquiteta Juliana Lahóz apresentou projeto do ateliê funcional da grife de roupas Chocolateria, que criou espaços multiuso em área de 24 metros quadrados e com orçamento limitado.

Ela construiu um ambiente romântico, vintage e totalmente alinhado com a identidade visual da marca, criando sinergia com o negócio e soluções em mobiliário, cores e revestimentos que reforçam a proposta de valor
do negócio.

Com um portifólio de trabalhos mais de 5 milhões de metros quadrados projetados o arquiteto Manoel Doria explicou o atual processo de reinterpretação dos shoppings centers e a necessidade dos lojistas compreenderem as novas formas de consumo da população.

O evento contou ainda com o time jovem da Y Arquitetos, formado por Pedro Sunye e Lucas Issey, que apresentou cases de lojas que tiveram seus faturamentos significativamente impactados pela ambientação e aspectos arquitetônicos ligados à identidade visual das marcas atendidas.

Tags:  acp   varejo   comércio   encontro varejista   associação comercial

Share This